ELENCO 2018

Sinônimo de sucesso no futebol feminino nacional, o Esporte Clube Iranduba da Amazônia promete fazer esse ano ainda melhor. O time inicia a temporada apresentando o novo elenco e uniforme do Brasileirão 2018 para imprensa e convidados. O evento será na próxima segunda-feira (19), às 9h, no Cinépolis, no Shopping Ponta Negra.
Durante o evento, que contará com a presença da jornalista Daniela Boaventura, do canal Fox Sports, serão apresentadas as novas apostas do Iranduba: a zagueira Jujuba, as meio campistas Luana Rodrigues, Amanda Brunner (ex-Corinthians) e Priscila Back, e as atacantes Luana Grabias, Giovânia e Brenda.
A boa fase do ano passado deve ser intensificada agora em 2018, diz o presidente do clube Amarildo Dutra. “Sabemos do tamanho da nossa responsabilidade, cada dia temos novas cobranças e a tendência é aumentar. É natural, conforme os resultados vão se tornando expressivos, por isso, fizemos novas contratações pontuais. O patrocínio está garantido e estamos nos empenhando cada vez mais, hoje estamos noutro patamar e temos a tranquilidade de poder manter o time em boas condições financeiras e de suporte”, comenta, acrescentando que essa estrutura básica é fundamental para a qualidade dos treinos. “A mente tranquila e cheia de sonhos faz o corpo trabalhar ainda melhor. Estamos empenhados para fazer de 2018 a melhor temporada do Iranduba! Outro projeto ousado é a Libertadores!”, conclui.
Orgulho para o Estado, o time detém sete títulos estaduais e o recorde de público do futebol feminino no Brasil. Quem não lembra da semifinal do Campeonato Brasileiro do ano passado contra o Santos, na Arena da Amazônia? Nenhum clássico do futebol nesta modalidade conseguiu reunir antes em um mesmo estádio 25.371 torcedores.
Além disso, graças ao patrocínio da empresa Transire Eletrônicos, do Polo Industrial de Manaus, as jogadoras têm salário, moradia, alimentação, plano de saúde e bolsa de estudo, dentre outros benefícios. Graças ao apoio recebido, o “Hulk da Amazônia”, como é carinhosamente chamado o time, se tornou o 4º clube feminino do Brasil a assinar carteira de trabalho das suas jogadoras.
SONHO DA LIBERTADORES
Mais do que um sonho, trazer a Taça Libertadores da América de futebol feminino pra Manaus virou uma obsessão do Iranduba. O clube, que é o representante da cidade, trabalha com afinco no estudo do caderno de encargos da Conmenbol e, nos próximos dias, estará formalizando oficialmente junto a FAF e, posteriormente, a CBF a proposta como sede da competição que será realizada no segundo semestre de 2018.
Além do Iranduba, Foz Cataratas (Foz do Iguaçu, no Paraná) e o Deportivo Ita (Santa Cruz de la Sierra – Bolívia) são concorrentes à candidatura.
SOBRE O IRANDUBA
Criado em 18 de janeiro de 2011, o Esporte Clube Iranduba da Amazônia acumula uma história de sucesso.
1. Heptacampeão Amazonense de futebol feminino
Ganhou todos os estaduais femininos que disputou. Foi fundado em 2011 e desde então levantou todos os troféus no estado e representou o Amazonas em todas as competições nacionais. Como Copa do Brasil e Brasileirão Feminino.
2. Recorde de Público entre clube do futebol feminino no Brasil
Na Semifinal do Brasileiro Feminino de 2017, contra o Santos-SP, mais de 25 mil pessoas foram à Arena da Amazônia.
3. Semifinalista do Brasileirão Feminino 2017
Em 2017, o Iranduba teve sua melhor participação na história do Brasileirão Feminino. Só foi eliminado na semifinal pelo campeão, o Santos de São Paulo.
4. 7ª no Ranking de Futebol Feminino da CBF
O Iranduba representa o Amazonas nas competições nacionais desde sua fundação, em 2011. No Ranking da CBF está à frente de Equipes tradicionais, como Flamengo, Vasco, Santos e Corinthians
5. Vice Campeão Brasileiro Sub-20 e Vice Campeão da Copa do Brasil de  Futsal
Também bateu recorde de público no Sub-20. Na Final contra o Adeco-SP, levou mais de 17 mil pessoas à Arena da Amazônia.
6. Campeão Brasileiro Universitário
Em 2016 o Iranduba foi campeão do JUB’s invicto. Foram 4 jogos, 4 vitórias, 47 gols marcados e apenas 1 sofrido. As garotas levaram o título depois de vencer na final as donas da casa, a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), por 5 a 0.
7. Quarto clube feminino do Brasil a se profissionalizar
Todas as jogadoras têm carteira assinada e recebem 13º, FGTS, férias e vale alimentação. Só 4 equipes da série A do Brasileiro são profissionais. Santos, Sport e Vitória-PE
SOBRE A TRANSIRE ELETRÔNICOS
Fundada em 2015, com DNA 100% brasileiro, a Transire Eletrônicos é uma empresa amazonense, com sede no Polo Industrial de Manaus, líder nacional na fabricação de terminais de captura de transações com cartões de crédito e débito, as famosas “maquininhas” que são encontradas em qualquer lugar do Brasil.
Da Amazônia para o mundo, a Transire é a maior fabricante de produtos inovadores para o mercado de meios de pagamento por meio de terminais de captura (maquinetas) com características únicas de inovação, elevada segurança, robustez e pioneirismo.
 Mais informações para a imprensa:
Diretor de comunicação do Iranduba da Amazônia
César Nunes – (92) 99357-5917 – cesar.nunes@irandubadaamazonia.com.br
Assessoria de Imprensa do Esporte Clube Iranduba da Amazônia
Gabriel Seixas – (92) 9.8182-6440 – eciranduba@gmail.com
Norimar Muller Comunicação – www.norimarmuller.com.br 
Norimar Muller – (92) 99230-6565 – norimarmuller@norimarmuller.com.br
Esporte Clube Iranduba da Amazônia nas redes sociais
Facebook: @irandubaamazonia / Instagram: @eciranduba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *